Letra de E Normal

B Fachada

Album: Criôlo
Genero: Pop

Letra de E Normal (Ver tablatura)

Jantar com gente em roda, trabalhar até o final
Muita mama e pouca moda é excepcional
Mas papar a ver a bola, reformar por bater mal
Mais ampôlas para a cachola é normal

Mandar no subalterno, carregar no ilegal
É como ter frio no inverno - é natural
Dez mil anos de patrões a comerem-te os colhões
Que estrutura social, é normal

Leva o resto eu já estou cheio
É normal
Domingo é dia de passeio
É normal
O teu inferno o meu recreio
Maralhal
Só quem pode é que não veio
É normal

Cai um velho capitão numa guerra de salão
E já nada fica igual, só o normal
Estás na boca do canhão, logo atrás do teu irmão
Mas deu no telejornal que a situação é normal

Leva o resto eu já estou cheio
É normal
Domingo é dia de passeio
É normal
O teu inferno o meu recreio
Maralhal
Só quem pode é que não veio
É normal

Jantar com gente em roda, trabalhar até o final
Muita mama e boa foda é excepcional
Mas papar a ver a bola, reformar por bater mal
Mais ampolas para a cachola é normal